Qualidade de vida

Novos negócios surgem na pandemia

veran-microempreendedores

Períodos de crise, como a que estamos vivendo com a COVID-19, nos fazem refletir como levamos a vida, o que realmente é importante e principalmente como fazer uma dificuldade virar oportunidade.

O economista e assessor de dois ex-presidentes norte-americanos, Paul Pilzer diz, “Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo”. Pensar no futuro e conseguir olhar além da dificuldade foi exatamente o que fez o engenheiro químico Marcelo Shimomoto a empreender.

marcelo-

Funcionário de uma grande fábrica da região há anos, Marcelo e outros colaboradores foram dispensados com as novas regras previdenciárias. Com as contratações também paradas, a necessidade o fez enxergar na sua experiência uma oportunidade de negócio.

“Como já havia trabalhado com ozônio e conhecia os benefícios da oxi sanitização, criei a Oz Limp, que está no mercado há apenas um mês. Mas, como é um serviço novo e pouco conhecido não sabia se ia dar certo, por isso tive a preocupação de ter o selo da Anvisa e o laudo comprovando a eficiência do Ozônio pela Unicamp”, explica o engenheiro.

O ozônio é um gás que depois de dissipado no ar vira oxigênio, seu uso é totalmente seguro e pode ser aplicado em qualquer tipo de ambiente e até veículos. Por não utilizar nenhum produto químico, não traz nenhum malefício para pessoas, animais e plantas.

jessica-fava

Para Jessica Fava, a pandemia foi a oportunidade para ajudar outras mulheres a divulgar e vender seus produtos e serviços. No dia 17 de maio nasceu o grupo no Facebook GirlBoss, com a intuito de fortalecer a comunidade feminina na região do Alto Tietê.

“Com o passar dos dias em meio a pandemia, comecei a pensar na dificuldade que as mulheres empreendedoras deviam estar enfrentando, pois além do isolamento, estavam também com os filhos em casa, o que faz aumentar os gastos básicos, como com as contas de água, luz e supermercado. Assim surgiu a ideia de criar um grupo no Facebook onde elas pudessem divulgar seus produtos e serviços, indicar e recomendar umas às outras, sempre incentivando as produtoras locais”, conta a idealizadora do projeto.

Para quem tem vontade de empreender, mas tem medo do percurso, Jessica deixou um conselho. “Empreender é um ato de coragem, é um desafio! Em alguns momentos você vai querer desistir, mas é uma jornada incrível, onde você vai conhecer seu real potencial. Arrisque-se, enfrente os desafios, não desista ao longo do caminho e insista no seu sucesso! A realização do seu sonho depende exclusivamente de você e da sua dedicação”, aconselha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *