Qualidade de vida

Doe sangue, doe vida!

doe-sangue

Doar sangue é um gesto de afeto em que uma única doação pode salvar até quatro vidas. O material coletado é separado por diferentes hemocomponentes, como: hemácias (glóbulos vermelhos), plaquetas, plasma e crioprecipitado, podendo assim atender mais de um paciente.

O sangue é essencial para a manutenção da vida e doar regularmente é um ato solidário. O Ministério da Saúde estimula periodicamente a doação para que os estoques estejam sempre abastecidos. Porém, nem sempre a realidade dos bancos de sangue é essa e os estoques muitas vezes ficam escassos, chegando inclusive a ter falta de alguns tipos de sangue, como os mais raros.

Aqui na região do Alto Tietê todos os bancos de sangue estão de portas abertas para coleta, tendo períodos que mais precisam, como os meses de frio e de férias. Segundo a supervisora do Banco de Sangue de Mogi das Cruzes, Adriana Siqueira, hoje muitas empresas e grupos fazem doações regularmente, conseguindo assim manter o banco abastecido com mais facilidade, mas mesmo assim alguns meses são mais críticos, como agosto e setembro para “Mogi”.

Para doar, cada banco tem um procedimento próprio seguindo um padrão preestabelecido. Para primeira doação, o doador precisa ter no mínimo 18 e no máximo 59 anos. Para aqueles que já são doadores, o limite de idade é de 69 anos. O doador precisa ter no mínimo 57 quilos, dormir bem, não consumir bebida alcoólica na véspera da doação, ter se alimentado corretamente no jantar da noite anterior à doação, sem consumir excesso de gordura, e tomar o café da manhã. Além disso, é imprescindível apresentar um documento oficial com foto dentro do prazo de validade. Algumas doenças crônicas são impeditivas para doação, como problemas na tireoide e casos de diabetes, e a pressão arterial precisa estar controlada no dia da doação.

Vacinas também devem ter um intervalo de 30 dias entre a aplicação e a doação, tatuagens têm um prazo de 1 ano e pessoas com piercing na língua e nariz não podem doar. Já quem passou por um resfriado ou gripe deve aguardar no mínimo uma semana para poder procurar o banco de sangue.

O processo para doação passa por várias etapas, a primeira consiste na recepção, onde o doador deixa seus documentos para cadastro, após isso há a pré-triagem com coleta de peso, altura e teste de anemia. Enquanto sai o resultado do teste o doador passa por uma entrevista com a equipe, em que responde diversas perguntas, com sigilo absoluto, para verificação se o doador está ou não apto a doar, e só então é feita a coleta. “O processo todo da chegada do doador até a coleta é simples, a demora vai depender do número de pessoas para coletar o sangue. O Banco de Sangue de Mogi abre de segunda a sexta das 7h30 às 11h, o doador que conseguir efetuar a coleta recebe um atestado para o dia de trabalho e os que por algum motivo não puderem doar, saem com uma declaração de comparecimento”.

Para saber como é o procedimento de doação e pré-requisitos do banco de sangue da sua cidade basta procurar diretamente os contatos abaixo. Toda doação é muito bem recebida e necessária para salvar vidas!

 

Bancos de sangue

Mogi das Cruzes

Rua Barão de Jaceguai, 1148 – Centro

Telefone: 4799-2892 – ramal 4245

Horário de atendimento:

De segunda a sexta-feira das 7h30 às 11h.

 

Suzano

Hemocentro Transfusão

Avenida Antonio Marques Figueira, 1841 – Vila Figueira

Horário de atendimento:

Doação somente com agendamento – de segunda a sexta-feira das 9h às 15h e aos sábados das 9h às 12h

Telefone: 4752-9999

 

Poá

Poá não possui hemocentro, as doações podem ser feitas no Hospital das Clínicas em São Paulo, em Mogi na Santa Casa de Misericórdia ou em Suzano no Hemocentro Transfusão.

 

Itaquaquecetuba

A doação dos munícipes de Itaquaquecetuba pode ser feita no Hospital Santa Marcelina, na sede do banco de sangue em Itaquera ou em Suzano.

 

Hospital Santa Marcelina

Rua Harry Danhemberg, 473 – Itaquera

Horário: de segunda a sexta-feira das 7h às 16h – Sábado das 7h às 12h (exceto feriados).

Para doação de plaquetas é necessário agendar.

Telefone: (11) 2523-0546

 

Importante: o Banco de Sangue do Hospital Santa Marcelina atende, de segunda a sexta-feira, até 140 doadores e aos sábados, até 120 doadores. Ao atingir o número limite de doações o cadastro é encerrado.

 

Ferraz de Vasconcelos

Ferraz de Vasconcelos não possui hemocentro, mas a Prefeitura Municipal incentiva a doação de sangue. Veja os hemocentros mais próximos:

*Hemocentro Suzano

Avenida Antônio Marques Figueira, 1861 – Vila Figueira – Suzano

Telefone: 4752-9999

Atendimento: de segunda a sexta-feira das 8h às 15h e aos sábados das 8h às 12h.

*Hemocentro Itaquera

Rua Harry Dannemberg, 473 – Itaquera – São Paulo.

Telefone: 2523-0546

Atendimento: de segunda a sexta-feira das 7h às 16h e aos sábados das 7h às 12h.

 

Guaianases

Na Zona Leste de São Paulo há três postos de coleta que fazem atendimento de segunda a sábado.

*Ermelino Matarazzo

Hospital Municipal Prof. Dr. Alípio Corrêa Netto – Ermelino Matarazzo

Alameda Rodrigo de Brum, 1989, Vila Paranaguá

Telefone: 3394-8030

 

*Hemocentro Itaquera

Rua Harry Dannemberg, 473 – Itaquera – São Paulo.

Telefone: 2523-0546

Atendimento: de segunda a sexta-feira das 7h às 16h e aos sábados das 7h às 12h.

 

*Hospital Municipal do Tatuapé – Hospital Municipal Doutor Carmino Caricchio

Av. Celso Garcia, 4815, Tatuapé.

Telefone: 3394-6980

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *