Qualidade de vida

Dicas para se divertir com as crianças sem sair de casa.

Com criatividade e materiais simples, é possível criar formas de entreter a criançada e ajudá-las a superar o isolamento social.

Em meio à pandemia de COVID-19, a prioridade é que todos fiquem em isolamento social para desacelerar a propagação do vírus e evitar que pessoas fiquem doentes.

Essa medida inclui todas as faixas etárias, principalmente as crianças. Com as aulas suspensas e todos os amiguinhos dentro de suas casas, o dia a dia da criança pode se tornar um pouco entediante e muito focado nas interações digitais, como jogos, por exemplo.

Por mais que navegar na internet seja interessante para os pequenos contatarem suas amizades e se divertirem, o ideal é encontrar um equilíbrio e até aproveitar que a família está toda reunida para fazerem atividades juntos!

Por isso, reunimos algumas dicas incríveis de brincadeiras e até mesmo sugestões de organização para entreter a criançada, independentemente da idade. Confira!

1 – Desenho e pintura.

Essa dica é especial, principalmente para crianças do Ensino Fundamental. Com os materiais que tiver em casa (lápis, canetinhas, giz de cera, papel, papelão etc.) separe um momento com seu filho para brincar de colorir figuras ou até mesmo desenhar.

Você pode sugerir temas específicos ou deixar a criança explorar sua criatividade. Evite criar limitações como “a árvore tem que ser verde” e deixe-a se divertir livremente. Esse é um momento de soltar a criatividade e deixar qualquer limitação de lado, permitindo à criança se expressar da melhor forma possível.

2 – Construa cenários e modifique um ambiente.

Nós estamos tão acostumados com a organização da casa que esquecemos que uma simples mudança, como colocar um colchão na sala, em frente à TV, pode ser uma experiência superdivertida para uma criança e criar momentos inesquecíveis.

Uma caixa de papelão pode virar uma TV e, com canetinhas, você pode ser o apresentador de jornal bigodudo mais legal do mundo.

Modificar o ambiente e usar objetos para criar atividades pode ser uma solução superdivertida para enfrentar o isolamento social, principalmente para crianças mais novas.

3 – Conheça melhor os gostos do seu filho!

Crianças mais velhas e adolescentes já estão muito integrados nos meios digitais. Eles provavelmente têm seus jogos, suas séries, filmes e desenhos favoritos.

Com uma rotina intensa de trabalho, é muito comum que pais e mães não saibam ao certo o que o filho gosta de assistir, ou de jogar, ou até mesmo o estilo das músicas que ele escuta.

Aproveitar o isolamento social para conhecer melhor as particularidades das crianças pode ser um momento incrível de aproximação e identificação.

Se seu filho estiver jogando, pergunte se pode jogar com ele ou se ele pode explicar para você como o jogo funciona. Peça para ele escolher um filme para vocês verem juntos ou para que ele coloque uma música enquanto vocês fazem a janta. Parece simples, mas é incrível como você pode se surpreender ao descobrir os gostos de uma criança em desenvolvimento.

4 – Inclua as crianças nas tarefas caseiras.

O isolamento social é uma ótima oportunidade para incluir todo mundo nas tarefas diárias, até a criançada!

Isso é ótimo para, desde cedo, ensinar às crianças que uma casa não se limpa sozinha, as louças não se lavam sozinhas e a comida não fica pronta do nada.

Quanto antes a criança entender que é uma responsabilidade de todos nós manter o ambiente limpo e organizado, melhor ela se desenvolverá como um adulto consciente e participativo dentro de casa.

5 – Os estudos não podem parar!

Apesar de as aulas estarem suspensas, o aprendizado não pode parar!

Mas esse blog não se trata de diversão? Ora, quem disse que estudar com a criançada não pode ser uma experiência divertida para toda a família?

Nós entendemos que nem todos os pais têm as matérias frescas na cabeça, porém temos uma proposta para vocês, algo que as escolas, muitas vezes, não ensinam.

Que tal separar algumas horas do dia para mostrar às crianças como as disciplinas estão inseridas na vida delas? Muitas apresentam dificuldade e resistência por não entenderem como as matérias se aplicam no dia a dia, porém, com um pouquinho de criatividade e engenhosidade, você pode ajudar o seu filho a ver as coisas por um ângulo diferente.

Pegue um objeto e faça a criança sentir seu peso, deixe ele cair no chão e explique que a gravidade influencia tudo que está à nossa volta.

Com um jogo de cartas, você pode demonstrar que fazemos cálculos matemáticos a todo o tempo, mesmo sem percebermos! Isso pode quebrar totalmente o preconceito sobre matemática, uma matéria que tira o sono da maioria das crianças.

Muitas vezes a maior lição que podemos dar não são conhecimentos específicos, mas sim, uma forma mais madura de perceber e entender as coisas!

E aí, como estão passando os dias em casa com as crianças? Esperamos que essas dicas ajudem vocês a se divertir e aprender muito juntos, afinal, quando essas duas coisas andam juntas, a vida fica muito mais legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *