Qualidade de vida

Deixe sua casa mais colorida, cultive flores!

2

Trazendo flores coloridas, perfumadas e capazes de deixar o ambiente muito mais alegre, a primavera é a estação do ano perfeita para você enfeitar sua casa, com mudas, vasos e canteiros.

O primeiro passo para escolher as flores que irá cultivar é pensar no local mais adequado, levando em consideração solo e iluminação. Segundo a AFLORD (Associação dos Floricultores da Região da Via Dutra), as plantas têm necessidades diferentes de luz e calor, “algumas precisam de exposição direta ao sol, outras preferem meia sombra, outras ainda podem ficar longos períodos dentro de casa e continuarem viçosas”, explica a associação.

Na hora de adquirir sua muda, fique de olho em como deve ser o seu cultivo. Veja algumas dicas da AFLORD de espécies que se adaptam melhor a cada tipo de ambiente.

Violetas: ótimas para se ter em ambientes internos, elas adoram luz indireta e não precisam ser regadas todo dia, pois água demais pode matar sua raiz.

Kalanchoe (popularmente conhecida como fortuna): suas flores pequenas e coloridas não precisam de muito cuidado. Regue sempre que o solo estiver seco. Quando a planta começar a ficar seca, corte suas hastes e deixa-as no sol para florescer novamente.

Begônias e crisântemos: elas adoram sol, mas não devem ficar expostas diretamente a ele, pois é indicado que sua terra esteja sempre úmida. As begônias se adaptam a ambientes internos e os crisântemos a áreas externas.

Girassóis: tendo o sol no seu nome, eles adoram luz e podem ficar expostos diariamente a ele. Sua rega deve ser feita diariamente no período da manhã e final da tarde, quando o dia está mais fresco e úmido.

Onze-horas: seu florescimento máximo acontece por volta desse horário. Sua rega deve ser feita entre uma e duas vezes na semana, dependendo da temperatura do ano. Essa espécie gosta de sol e floresce o ano inteiro.

Orquídeas: Quanto mais alta a umidade relativa do ar, melhor o resultado obtido no cultivo dessa flor. Suas raízes não exigem muita água, mas as folhas devem ser umidificadas todos os dias pela manhã. As regas podem ser feitas a cada dois dias nos períodos mais quentes e em intervalos maiores nos períodos frios e elas não devem ficar expostas ao sol e ao vento, já que a luz direta do sol pode queimar as folhas.

Por ser uma planta de raízes aéreas, pode ser fixada em troncos de árvores, placas de fibras ou vasos que permitam a liberdade das raízes. Se optar pelos vasos, certifique-se de preencher um terço dele com pedras ou argila expandida que permita um ótimo escoamento da água. Uma boa medida para ter belas floradas é mudar a planta de vaso em intervalos de 18 a 24 meses, trocando o substrato. Faça a troca logo após a floração.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *