Prateleira

Tomate: diferentes tipos e inúmeros benefícios

tomate

Figura presente em muitos pratos, o tomate é um dos frutos mais versáteis da culinária, indo muito bem em saladas, lanches e molhos. No setor de FLV, podemos encontrá-lo em seus diferentes tipos, mas você sabia que cada tipo tem uma recomendação ideal de preparo?

O tomate italiano é uma ótima escolha para molhos, já os tipos cereja e carmem ficam ótimos em saladas e o caqui vai muito bem em lanches.

Além de arrasar na gastronomia, o fruto tem ação antioxidante, minerais, fósforo, potássio, ácido fólico, cálcio, vitaminas do complexo A e B e é rico em licopeno, um poderoso alimento anticâncer. “O consumo regular do fruto ajuda na prevenção de doenças cardíacas, câncer, controle da pressão arterial, saúde dos olhos, sistema imunológico, pele e cabelo”, indica a equipe de nutrição do Hospital Albert Einstein.

Nosso corpo não produz licopeno e o tomate está entre os alimentos em que podemos encontrá-lo. O licopeno é a substância que dá cor ao fruto e aumenta o sistema imunológico do corpo, protegendo as células do envelhecimento. Para melhor absorção do nutriente, o cozimento é o modo indicado, já que, durante a cocção, há o rompimento das paredes celulares do tomate liberando licopeno – com isso, conseguimos absorver entre 13% a 70% do carotenoide e quanto mais vermelho e maduro, mais licopeno no fruto.

Os benefícios do tomate, porém, vão muito além do licopeno: a vitamina A combate os radicais livres, a C promove a resistência dos ossos, dentes, tendões e vasos sanguíneos, o cálcio ajuda na formação e preservação saudável dos ossos e o potássio ajuda na distribuição de água no organismo.

Na hora de escolher, procure diversificar os tipos com os pratos que serão preparados para aproveitar ao máximo os benefícios da fruta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *