Prateleira

Você sabe a diferença entre eles?

pimenta

Aqui no Brasil, a pimenta está em diversos pratos e no dia a dia de muitas cozinhas, principalmente nos pratos típicos do Nordeste, onde sua grande maioria levam uma pitada de pimenta para deixar os pratos inconfundíveis.

Se você não tem o hábito de usar a pimenta como tempero, saiba que seu uso traz diversos benefícios para a saúde. As pimentas de coloração vermelha, tem em sua composição a capsaicina, que ajuda a acelerar o metabolismo e perder peso. Além disso, as pimentas também são fontes de vitaminas A, C, E, sendo um ótimo antioxidante e preventivo nas doenças degenerativas, como o Alzheimer.

Segundo a Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, cada região do Brasil apresenta produtores de pimentas específicos. Os principais estados produtores são: Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Ceará e Rio Grande do Sul, apresentando uma grande diversidade em diferentes tamanhos, cores, sabores, ardume e nomes.

Vamos conhecer um pouco sobre os tipos de pimenta?

 

Pimenta Dedo-de-Moça

A pimenta dedo-de-moça é uma das mais conhecidas no Brasil, pois ela é encontrada em diversas formas, como molho, desidratada, conserva, moída e fresca. Seu ardor é de média intensidade, porém, retirando suas sementes seu sabor fica mais suave.

Pimenta Biquinho

Seu nome vem do próprio formato, com uma leve ponta, parecendo um bico. Seu sabor é suave e se harmoniza bem com diversos pratos, como saladas, grelhados e até aperitivos.

Pimenta Jalapeño

Vinda do México, a pimenta jalapeño tem coloração verde e forte ardência. Na culinária mexicana é muito usada seca e desidratada, na forma do molho chiplote. Em pratos, está sempre presente no chili, tacos e burritos.

Pimenta Rosa

A pimenta rosa é tipicamente brasileira, um fruto da árvore aroeira. Seu sabor é leve, mas o aroma é marcante, sendo muito usada para aromatizar pratos e em receitas doces, como o famoso chocolate com pimenta.

Pimenta do Reino Preta

A pimenta do reino preta tem ardência mediana e é umas das mais usadas ao redor de todo mundo, estando presente principalmente nas receitas salgadas, por realçar o sabor dos ingredientes.

Pimenta Malagueta

A pimenta malagueta é muito popular no Brasil, seu formato é alongado e sua coloração bem vermelhada. Com sabor marcante e forte está na lista das mais ardidas, porém, quando usada com moderação, a pimenta malagueta dá uma característica única ao prato.

Pimenta de Cheiro

A pimenta de cheiro tem origem baiana, sendo muito utilizada em pratos típicos nordestinos, combinando bem com peixes, como a cação e em receitas como a moqueca. Sua ardência vai de leve à moderada e seu ardor é marcante.

Pimenta Cumari

Pequena, arredondada e quando madura bem vermelha, a pimenta cumari é uma das mais ardidas. Seu sabor picante apesenta um tom amargo no final, sendo desaconselhada para o preparo de molhos.

Pimenta Bhut Jolokia: a mais ardida

A pimenta Bhut Jolokia é reconhecida pelo Livro dos Recordes, como a mais picante de todo mundo. Muito usada na cozinha indiana, deve ter o consumo moderado para não irritar o organismo. Sua ardência é tão forte que para o seu manuseio é indicado o uso de luvas, para evitar queimaduras na pele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *