Prateleira

Café: uma paixão nacional

cafe-uma-paixao-nacional

O café está na história da agricultura de nosso país, sendo o Brasil o maior exportador e produtor de café no mundo, respondendo por um terço da produção mundial do produto. Segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a produção cafeeira brasileira é uma das mundialmente mais exigentes, procurando cuidar da qualidade e da produção sustentável do grão.

Minas Gerais é nosso maior produtor, responsável por praticamente metade da produção nacional. Os outros 50% estão divididos entre os estados do Espírito Santo, São Paulo, Bahia, Paraná e Rondônia.

Além do café ser importante para nossa cultura e economia, ele está presente no cotidiano do brasileiro. Do bule à xícara, o café está no nosso café da manhã, após as refeições, no café da tarde e até naquela pausa no meio do expediente. A Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) estima que 9 em cada 10 brasileiros com mais de 15 anos consomem café em suas muitas versões, seja expresso, carioca, americano ou cappuccino.

O café é uma bebida tão democrática que ele pode ser consumido quente ou frio, puro, logo que passado ou em forma de bebida, misturado com chantili e chocolate. Mas, na hora de consumir é bom ficar atento à quantidade diária. Conforme explica a nutricionista do Veran, Maila Tortelli, o ideal é consumir no máximo três xícaras pequenas por dia, “o excesso de cafeína no corpo pode apresentar sintomas diferentes nas pessoas, como: irritabilidade, dor de estômago, tremores leves, insônia, nervosismo, inquietação e ansiedade”.

 

Tipos de grão

Se você é amante da bebida, com certeza tem um tipo preferido. A intensidade da bebida varia conforme a torra, o extraforte é da segunda torra e o tradicional da primeira, já o descafeinado é um tipo do qual é retirada a cafeína do pó. Mas, além da intensidade, o tipo do grão também influencia no sabor da bebida. Conheça um pouco mais sobre eles:

 

Tipo Arábica

Este grão é cultivado em altitudes. No Brasil, as plantações estão a 1.200 metros de altura e possuem 50% menos cafeína, sendo ótimo para bebidas gourmet.

Café Bourbon

É o café mais popular em países estrangeiros, possui um sabor mais adocicado, aroma forte e acidez média.

Café Kona

Cultivado no Hawaii, as plantações estão próximas aos vulcões, sendo considerado um dos melhores do mundo.

Café Catuaí

É um dos grãos produzidos no Brasil. Suas plantações encontram-se a pelo menos 1.000 metros de altitude. Tem acidez moderada e dispensa a adição de açúcar.

Café Acaiá

Perfeito para quem prefere uma bebida adocicada, o grão do Acaiá traz o sabor do chocolate com um leve toque de frutas.

 Tipo Robusta

Para quem gosta da bebida forte e amarga este grão é perfeito. Cultivado no Brasil, a planta se desenvolve bem em regiões de clima úmido e quente, com até 600 metros de altitude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *