Prateleira

Aprenda a congelar carne corretamente

Sabe aquela promoção de carne imperdível e que às vezes você deixa de aproveitar porque não fará o consumo imediato? Aprendendo a congelar corretamente você poderá aproveitar todos os preços sem perder a qualidade do produto!

A primeira coisa que você precisa saber é que uma carne que já sofreu o processo de descongelamento uma vez, não deve ser recongelada. Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o procedimento de descongelar e recongelar faz com que a carne perca muito líquido e, consequentemente, suculência e sabor. Além disso, a prática pode aumentar a chance de contaminação, devido à multiplicação de microrganismos, alterando odor, cor, sabor e textura.

Veja agora algumas dicas do Diogo Thimoteo da Cunha, coordenador do curso de Nutrição da Faculdade de Ciências Aplicadas da UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas) para você ter seu produto sempre fresquinho mesmo depois do congelamento!

Congelamento

– Separe a carne nas porções que irá consumir. Isso evita que você descongele um pedaço que não irá preparar e ele fique tempo demais na geladeira.

– O tempo de congelamento da carne é de em média três meses para carne moída e de cinco meses para pedaços. Mas, se o compartimento do freezer não conseguir manter-se a 18 °C ou se a porta é frequentemente aberta, deve-se abreviar o tempo de armazenamento para no máximo um mês.

– Opte por embalagens, como os sacos com lacres, onde você consiga retirar todo o ar antes de congelar o produto.

– Evite temperar a carne antes do congelamento, pois condimentos como o alho e a cebola alteram o sabor da carne e também possuem validades diferentes.

Descongelamento

– O descongelamento ideal deve ser feito de forma lenta e gradual sempre dentro da geladeira.

– Nunca deixe a carne para descongelar em cima da pia, pois isso aumenta o risco de contaminação.

– Depois de descongelada a carne deve ser preparada em no máximo 24 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *