Acontece no Veran

Dia da Mulher celebra luta e conquistas de direitos

dia-internacional-das-mulheres

O Dia Internacional da Mulher foi oficializado pela ONU (Organização das Nações Unidas) na década de 1970. O dia surgiu como forma de relembrar, preservar e reafirmar os direitos femininos conquistados com muito esforço.

Reafirmação de direitos

Cinquenta anos depois, a luta das mulheres só se fortaleceu, com movimentos espalhados por todo o mundo, em busca de igualdade, oportunidade e respeito. Termos como, empoderamento (que significa tomar o poder para si na construção de igualdade) e sororidade (sentimento de solidariedade e empatia, sem julgar outras mulheres) ganharam forças nos últimos anos, incentivando a união feminina na busca pelos direitos.

Renata Brecher, gerente Gente & Gestão Veran, enxerga a união feminina positivamente. “As mulheres precisam se unir para apoiarem-se frente todos os desafios que ainda temos. As questões históricas mostram que nossas evoluções são recentes, o que torna ainda mais importante movimentos como estes que estimulam o empoderamento, autoestima e encorajamento, facilitando caminhos para as novas gerações”.

Mercado de Trabalho

Apesar do mercado de trabalho estar em constante evolução, algumas áreas ainda são majoritariamente masculinas, principalmente cargos de liderança. Para que esse cenário seja mudado dia após dia, Renata indica a autovalorização.

“Valorizem-se, observem os movimentos a sua volta, entendendo que seu conhecimento será de grande importância para a organização, trazendo temas e discussões de forma leve, porém assertiva. Quanto mais unidas, promovendo reflexões, há mais segurança, para num momento de proposta, de apresentação de um projeto, a mulher sentir-se segura para conseguir atingir seus objetivos e metas”, orienta Renata.

Para gerente de marketing Veran, Tuca Sardinha, o principal diferencial da mulher é a capacidade de alinhar a razão e emoção, principalmente no mercado de trabalho. “Acreditem em si mesmas, estudem e lutem pelo que desejam. O respeito precisa ecoar onde quer que estejamos, seja lá qual profissão desempenhamos. As mulheres já alcançaram muito êxito, o empoderamento já se provou importante, mas o caminho ainda é longo até alcançarmos a equidade necessária. Não há saída. A gente precisa continuar lutando e falando mais alto, se for o caso, pra ser ouvida”.

Neste Dia Internacional da Mulher, valorize as mulheres que você conhece, reconheça seu esforço e sua luta diária!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *